Dengucho na Moda: Vestidos infantis em Curitiba

06.12| Dengucho na Moda

Sejam eles lisos ou estampados, floridos ou listrados, com renda ou tule, os vestidos infantis são um clássico entre as meninas! Neste mês, inspirados pelas festas de fim de ano, escolhemos alguns modelos entre os vários que temos em nossas lojas para mostrar como sua filha pode desfilar por aí ainda mais graciosa e fofa!

Estão prontos? Então apresentamos a lista Reino Mágico das Princesas para mamãe e papais que procuram por vestidos infantis em Curitiba:

denguinho_blog_039_princesas_v1-min

Venham conferir estes e outros vestidos infantis adoráveis em uma de nossas lojas em Curitiba:

Denguinho Pinheirinho

  • Endereço

    Av. Winston Churchill, 2346

  • Telefone

    (41) 3246-2203

  • Whatsapp

    (41) 99725-2255

Denguinho Sítio Cercado

  • Endereço

    Rua Izaac Ferreira da Cruz, 2875

  • Telefone

    (41) 3349-3547

  • Whatsapp

    (41) 99953-5426

Links da Semana #129

02.12| Links da Semana
Links da Semana

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Maneiras de fazer o bebê parar de chorar

30.11| Recém-Nascidos
Maneiras de fazer o bebê parar de chorar

Enquanto a criança está no útero, ela se sente segura, quentinha e confortável. Quando a mãe natureza chama e ela é obrigada a vir para o mundo de fora, tudo é novo. Cheio de sons, cheiros, luzes, sensações e pessoas estranhas, é normal que o bebê comece a cair no choro. Afinal, ele ainda não sabe falar e o choro acaba sendo a forma de comunicar que algo está errado.

O fato é que o bebê não “abre o berreiro” à toa, por isso cabe aos papais manter a calma e confortar o pequeno. O primeiro passo é checar o básico: fralda suja? Sono? Frio? Fome? Se o choro persistir, confira alguns truques que ajudam a fazer o bebê parar de chorar.

Maneiras de fazer o bebê parar de chorar

Embale o bebê

Talvez o método mais clássico, usado por 10 em cada 10 avós, é o de embalar o bebê fazendo “shhhhh”. Esta técnica simula o movimento, de vai-e-vem, que a mamãe fazia quando estava grávida. E o “Shhhhhh” também ajuda, pois é parecido com o som que o bebê escuta quando estava no útero.

Enrole o bebê

Você pode enrolá-lo em uma mantinha. Ele ficará seguro e, surpreendentemente, ainda mais fofo. Se não funcionar, tente colocá-lo de lado, na chamada posição fetal.
maneiras-de-fazer-o-bebe-parar-de-chorar-2

Massageie o bebê

Você também pode tentar uma massagem para fazer o bebê parar de chorar. Comece pelo peito, barriguinha, pernas e bracinhos. Use um óleo especifico para bebês. O contato das mãos com a pele do pequeno relaxa os músculos e propicia a sensação de bem-estar.

Conforte o bebê

É muito normal, principalmente até os cinco meses de idade, a criança sentir desconfortos. Procure manter a calma para passar segurança para o seu filho. Tome-o nos braços, faça movimentos, cante para ele, converse e procure sentir se o choro diminui.
maneiras-de-fazer-o-bebe-parar-de-chorar-4

Fiquem calmos, papais e mamães!

Com o tempo, os pais começam a diferenciar os chorinhos. O importante é deixar de lado o sentimento de incapacidade de acalmar o próprio bebê, principalmente os papais de primeira viagem. Vocês estão se conhecendo ainda, não se cobre tanto e tão cedo.

Mas fique atento

Caso o choro for constante e lamurioso, vale a pena fazer uma visitinha ao pediatra para ver como está a saúde do bebê. Cuidado nunca é demais!

Links da Semana #128

25.11| Links da Semana
Links da Semana

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Como cuidar dos dentes das crianças (Higiene bucal infantil)

21.11| Infância
Como cuidar dos dentes das crianças (Higiene bucal infantil)

O primeiro dentinho do bebê é fofo, não é mesmo? Mas, para que esse, e todos os outros 19 dentes que irão nascer até os três aninhos, continuem lindos e saudáveis, é necessário adotar alguns hábitos de higiene bucal infantil.

Quando os dentinhos começam a aparecer?

O primeiro dente dos bebês surge, em média, aos seis meses. Se até um ano e meio seu filho ainda não tiver apresentado sinais de dentição, então procure um especialista, mas isso é muito raro de acontecer. Normalmente, uma criança tem 20 dentinhos. Até os 3 aninhos, ela já estará com todos eles, que deverão começar a cair por volta dos seis anos (e aí já vai preparando as moedinhas para a “fada do dente”).

Quando começar a cuidar dos dentes?

A preocupação com a higiene bucal infantil é a dúvida de muitos pais. Aconselha-se começar a limpeza logo que o primeiro dentinho começar a aparecer. Após cada alimentação, a limpeza pode ser feita com um pedaço de tecido de algodão umedecido em água filtrada, para remover bactérias que se alojam nos dentes.

Assim que o primeiro dentinho surgir, também é recomendado visitar um odontopediatra, e manter essa rotina a cada seis meses, só por prevenção mesmo. Após os dois anos, a visita ao dentista deve ser regular. Lembre-se sempre de incentivar o seu filho a escovar os dentes, mostrando os benefícios de manter a higiene bucal.

Também é normal nessa fase a famosa coceirinha na gengiva. Ela pode ser amenizada com mordedores, de preferência aqueles que podem ir à geladeira, pois a temperatura fria ajuda a diminuir a circulação sanguínea na região da gengiva da criança.

Como cuidar dos dentes das crianças (Higiene bucal infantil)
Como cuidar dos dentes das crianças (Higiene bucal infantil)

Quando usar a escova?

A escova com creme dental é indicada assim que começarem a aparecer os molares, ou seja, por volta dos 14 meses. Procure a recomendação do odontopediatra para saber qual o melhor tipo de escova e a quantidade certa de pasta para a idade da criança.

Quais problemas a falta de cuidado com os dentes pode causar?

Os problemas mais comuns, que a higiene bucal evita, são: cárie e erosão. A cárie, grande vilã, é causada por microrganismos que vivem na boca, eles metabolizam o alimento e produzem ácidos que causam lesões. Já a erosão é causada pelo consumo excessivo de alimentos industrializados, que corroem o esmalte dos dentinhos e vão causando desgaste dos mesmos.

Além da correta higiene bucal infantil, outros hábitos devem ser foco de atenção quando o assunto for os cuidados dos dentes. Para não ocasionar a famosa mordida aberta, quando os dentes de cima não encostam nos de baixo, o recomendado é evitar mamadeiras e chupetas que não tenham bicos ortodônticos, pois a pressão da sucção pode modificar a posição dos dentes. Quanto a chupar o dedo, procure não deixar a criança desenvolver essa “mania”.

Links da Semana #127

18.11| Links da Semana
Links da Semana

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Dicas de economia para famílias com filhos

17.11| Infância
Dicas de economia para famílias com filhos

Ultimamente, a coisa não está fácil para quase ninguém. Com essa tal de crise e também com a redução nos empregos e o aumento dos preços, economizar virou regra. Para famílias com filhos, fica um pouco mais complicado, pois, geralmente, as crianças não entendem muito bem o valor do dinheiro. E, claro, as propagandas continuam as bombardeando pela TV e pela internet. Mas para dar uma mãozinha no orçamento doméstico, separamos algumas dicas de economia para famílias com crianças!

Controle dos gastos

Antes de tudo, é fundamental manter um controle de despesas. A boa e velha planilha digital ou um papel e caneta mesmo são essenciais. Anote tudo – tudo mesmo! – desde o gasto com o aluguel, luz e água até com coisas pequenas, como a coxinha que você comprou para seu filho quando foi buscá-lo na escola. Dessa forma, é possível detectar aonde está indo o dinheiro. Gastos com coisas pequenas tendem a passar despercebidos, mas, no final do mês, aqueles cinco reais ali, vinte lá, doze reais aqui (e assim por diante) fazem muita diferença.

Na hora de fazer compra

Levar os filhos para fazer compras é sinônimo de “Mãe compra essa bolacha? E esse salgadinho? Esse iogurte? E esse chocolate?”. Esses excessos são os grandes “vilões” do orçamento mensal, afinal, a inflação pegou pesado nos alimentos. A dica é fazer uma lista de compras bem detalhada e explicar ao seu filho que ele só terá direito a alguns itens.

Muitos recomendam que o certo é deixar as crianças em casa, pois elas são mais vulneráveis às embalagens coloridas colocadas estrategicamente ao alcance das mãozinhas delas. Contudo, essa decisão é sua. Se você prefere a companhia dos seus pequenos, o indicado é delegar tarefas: peça para eles ajudarem na escolha das pastas de dente, sabonete, arroz, etc. Ou também, deixe-os encarregados de checar o que falta na lista de compras. Isso ajuda a desviar um pouco a atenção das deliciosas e caras distrações durante a tarefa.

Dicas de economia para famílias com filhos
Dicas de economia para famílias com filhos

Mude a rotina

Se você é acostumado a usar o carro para tudo, adotar uma caminhada na hora de ir à padaria é uma boa forma de ajudar na economia da família, além de, é claro, ser um hábito mais saudável. Nos fins de semana, ao invés dos tradicionais passeios no shopping com direito a cinema e fast food (no qual uma família de quatro pessoas não gasta menos de 100 reais), que tal um piquenique no parque ou visitar um parente?

Cozinhe em casa

É claro que ninguém merece ficar escravo do fogão para sempre, mas para dar uma boa economizada, uma ideia é comprar ingredientes e preparar as coisas em casa. Para deixar divertido, envolva a família no processo. Com a supervisão dos pais, as crianças podem preparar um jantar para a família, fazer um bolo delicioso, etc. Além de economizar, é um ótimo momento de descontração.

Dicas de economia para famílias com filhos

Ensine o seu filho

Desde cedo, procure ensinar as crianças o valor do dinheiro. Ao invés do famoso “acha que dinheiro dá em árvore”, mostre que é necessário suar para ganhar um salário. Faça seus filhos ajudarem nas tarefas domésticas em troca de algo, dessa forma eles podem compreender que as coisas não são tão fáceis assim. Quando for comprar alguma coisa, mostre o quanto de ajuda remunerada seria necessário para pagar pelo produto.

Eduque pelo exemplo

Se os filhos veem os pais gastando diversas vezes com qualquer bobagem, é fácil para eles imitarem. Então pense bem antes de comprar determinadas coisas e utilize a ideia do reaproveitamento para economizar.

Links da Semana #126

11.11| Links da Semana
Links da semana

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Dicas de livros clássicos para crianças

08.11| Infância
Dicas de livros clássicos para crianças

Livros clássicos para crianças são uma forma de transmitir cultura através do tempo. São livros que mamães, papais, e até avós, leram quando eram pequenos. Atemporais, as histórias ensinam lições, estimulam a criatividade e imaginação, além de, é claro, despertar o prazer da leitura. Esse é um hábito que deve – e muito! – ser incentivado. Confira algumas dicas de livros clássicos para crianças:

Links da Semana #125

04.11| Links da Semana
Links da semana #81

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Página 1 de 2712345...1020...Última »