Links da Semana #177

13.12| Links da Semana

Links da Semana #175

08.12| Links da Semana

Dengucho na Moda: Roupas para crianças para o Natal em Curitiba

05.12| Dengucho na Moda

O Natal é uma data muito especial para todos nós! Os denguinhos amam montar a árvore de Natal, escolher presentes, receber cartinha do Papai Noel… O clima é sempre de muita festividade, união e amor com sua família, né?! ❤ E para deixar o Natal ainda mais mágico, que tal investir em roupas para crianças para o Natal? Fizemos uma seleção de looks para os seus denguinhos arrasarem!

Confira os modelos:

denguinho_blog_041_v3

Venha conferir essas e outras roupas para crianças para o Natal nas lojas Denguinho em Curitiba:

Denguinho Pinheirinho

  • Endereço

    Av. Winston Churchill, 2346

  • Telefone

    (41) 3246-2203

  • Whatsapp

    (41) 99725-2255

Denguinho Sítio Cercado

  • Endereço

    Rua Izaac Ferreira da Cruz, 2875

  • Telefone

    (41) 3349-3547

  • Whatsapp

    (41) 99953-5426

Esperamos sua visita!

Gripe ou resfriado? Saiba como diferenciar e tratar

28.11| Infância
child-sneeze2-main-d

Dentre as doenças que podem atingir os pequenos, a gripe ou resfriado estão entre as principais. Mas para tratá-las da melhor forma possível, é essencial diferenciá-las. Pensando nisso, preparamos um post para te ajudar a descobrir qual desses males está prejudicando seu filho (a).

O que são?

Tanto a gripe, quanto o resfriado são doenças respiratórias que podem atingir pessoas de todas as idades. Apesar de serem semelhantes, a gripe é causada pelo vírus Influenza, enquanto o resfriado pode ser transmitido pelo Rinovírus, Coronavírus, Adenovírus, Vírus Sincicial, entre outros.

Quais são as diferenças?

Além da diferença da causa de cada uma dessas doenças, também existem distinções com relação aos sintomas. Por exemplo, enquanto os sinais da gripe aparecem de uma hora para a outra, os do resfriado surgem aos poucos. A duração dos males também é diferente. A gripe permanece geralmente uma semana, já o resfriado passa em no máximo quatro dias.

Sintomas

Os sintomas que aparecem quando a criança está com gripe ou resfriado são os mesmo:

– Febre;

– Dores no corpo;

– Fraqueza;

– Nariz entupido;

– Tosse;

– Dor de garganta;

– Dor de cabeça.

Apesar de serem iguais, eles surgem em intensidades diferentes, sendo sempre mais brandos no resfriado. Além disso, a fraqueza e as dores de garganta e cabeça podem ser que nem apareçam nesses casos. Mas, para ter certeza absoluta de qual é a doença, fique atento (a) a espirros. Eles são comuns em resfriados, mas não na gripe.

Como evitar?

Para evitar que seu filho (a) pegue doenças como gripe ou resfriado, é preciso cuidar principalmente dos hábitos de limpeza. Além disso, você deve manter o ambiente arejado e evitar o contato dele (a) com pessoas que estejam com sintomas dessas enfermidades.

Como tratar?

Para saber a melhor forma de tratamento para o seu bebê, o ideal é consultar ou entrar em contato imediato com o pediatra. Mas, no geral, existem algumas coisas que você pode fazer para reduzir o incômodo dele. Por exemplo, é possível realizar a higiene nasal com soro fisiológico e fazer inalação. Dessa forma, fica mais fácil de eliminar o catarro.

Mas, se os sintomas estiverem incomodando muito, os médicos precisam receitar algum medicamento. Um que é bastante usado nesses casos é o Benegrip Multi, pois sua composição ajuda a reduzir as dores, febre e coriza. Sua indicação é para bebês que já tenham ao menos 2 anos.

Atenção

Se seu filho (a) estiver com resfriado, os riscos de piora da doença são menores. Já na gripe essa tendência aumenta. Porém, em ambos os casos é preciso tomar cuidado. Pois, enquanto o primeiro pode causar bronquite, otite e sinusite, o segundo pode chegar ao ponto de uma pneumonia.

Por isso, independentemente se seu pequeno (a) está com gripe ou resfriado, é preciso entrar em contato com o pediatra o quanto antes, para tomar todos os cuidados necessários, garantindo que ele se recupere logo!

Links da Semana #174

24.11| Links da Semana
566511b5-c9ef-4d31-b5b6-8a1b2c6a7ecc

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Cuidados no verão que você deve ter com seus filhos

21.11| Infância
home_img_1504608740820_1504608751269

As férias estão chegando e nesse período é comum que as famílias aproveitem o tempo livre para viajar e conhecer novos lugares. Os destinos mais procurados geralmente possuem praias ou piscinas, mas se um dos membros da família ainda é pequenininho, é preciso ter cuidado redobrado. Por isso, nós separamos algumas dicas super importantes, que certamente vão te ajudar a se preparar para essa folga tão esperada.

Kit de primeiros socorros

Se tem uma coisa que você não pode esquecer na hora de fazer a mala do seu filho (a) é o kit de primeiros socorros. Com a ajuda do pediatra, você pode montar ele de acordo com as necessidades do pequeno (a), mas no geral, eles devem conter:

– Anti-inflamatórios;

– Analgésicos;

– Colírio;

– Algodão;

– Gaze;

– Cotonetes;

– Band-aids;

– Pinças;

– Tesouras;

– Termômetros;

– Álcool;

– Soro fisiológico;

– Mercúrio;

– Repelentes;

– Hidratante;

– Protetor solar.

Segurança

Para começar a viagem com o pé direito, um dos principais cuidados no verão é com a segurança. Por isso, em viagens de carro é primordial usar a cadeirinha apropriada, levando em consideração o tamanho e a idade da criança. Além disso, não esqueça de oferecer água e comida durante o trajeto, principalmente em trechos mais longos.

Praia ou piscina

Quem tem filhos pequenos deve redobrar a atenção nesses lugares! O ideal é sempre acompanhar as crianças quando elas forem entrar na água. Também é importante se certificar sobre a poluição da mesma e controlar o tempo dentro do mar ou piscina, já que o excesso pode causar problemas como otite e infecções de pele.

Um dos principais cuidados no verão diz respeito ao sol! Evite os horários próximos ao meio dia, deixando seu filho (a) exposto até as 10h e depois das 16h (no horário de verão, acrescente uma hora). Também não esqueça de passar o protetor solar pelo menos 15 minutos antes da exposição (lembre-se das orelhas e pés).

Calor

Se vocês estiverem em um lugar muito quente, evite agasalhar demais o pequeno (a). Além disso, tenha cuidado com o ar condicionado, pois ele pode deixar o espaço muito seco. Uma boa alternativa são os ventiladores, mas eles devem estar sempre limpos e nunca voltados diretamente para a criança. E se estiver fazendo muito calor a noite, uma boa ideia é dar banho no seu filho antes de colocá-lo para dormir.

Hidratação

Beber água é sempre fundamental, mas quando o assunto são as crianças, esse se torna um dos principais cuidados no verão. Ofereça água frequentemente para seu filho e também esteja atenta (o) a alguns sintomas como:

– Diarreia ou vômitos há no mínimo 24h;

– Boca seca;

– Irritabilidade;

– Moleza;

– Perda de elasticidade na pele;

– Pouco xixi;

– Olhos fundos.

Esses sintomas podem indicar que o pequeno (a) está com desidratação, que pode ser causada, inclusive, por rota vírus. Se esse for o caso, entre em contato com o pediatra e dê água, sucos naturais e soro caseiro para a criança. Se ainda estiver na fase da amamentação, basta oferecer o peito quando ele (a) pedir.

Alimentação

É preciso ter cuidado com os alimentos que seu bebê vai ingerir, principalmente comidas exóticas, cruas ou muito pesadas. O ideal é manter uma dieta leve, com refeições completas, que inclua frutas, saladas e carnes grelhadas. Doces em excesso também devem ser evitados. E se seu filho tiver algum tipo de alergia, sempre verifique se as comidas que você vai dar a ele não contém as substâncias que o prejudicam.

Links da Semana #173

17.11| Links da Semana

Medicamentos para crianças e itens de primeiros socorros para se ter em casa

16.11| Links da Semana
familia-pais-filhos

Uma das primeiras coisas que os pais devem fazer ao levar o recém-nascido para casa é preparar uma mini farmácia com itens essenciais para cuidar do bebê. Esse kit deve conter medicamentos para crianças e outros produtos que serão usados na higienização. Mas não é só nessa fase que esse pequeno estoque deve ser mantido. À medida que seu filho (a) for crescendo, também é necessário ter produtos de primeiros socorros, no caso de alguma emergência. Se você ainda não sabe o que incluir nessa farmacinha, não se preocupe! Nós preparamos uma lista super prática do que não pode faltar na sua casa.

REMÉDIOS

É claro que antes de comprar e dar medicamentos para crianças você deve consultar o pediatra, mas existem alguns remédios que os médicos aconselham às mamães e papais terem em casa. Geralmente, aqueles à base de paracetamol são mais indicados, mas existem alguns básicos que não podem faltar:

– Antitérmico;

– Para gases;

– Para vômitos e enjoos;

– Para febre;

– Para gases;

– Analgésico;

– Anti-inflamatório;

– Antialérgico;

– Para diarreia;

– Para asma (crianças asmáticas normalmente já tem alguns medicamentos receitados para crises);

– Colírio.

HIGIENE

Para o dia a dia, existem alguns produtos fundamentais que seu bebê sempre precisa, como fraldas, lenços umedecidos, sabonete neutro, cotonete, cortador de unha, pente, escova, entre outros. E dependendo de onde você mora (ou no caso de alguma viagem) não deixe de incluir o repelente nessa lista!

PRIMEIROS SOCORROS

Além dos itens básicos de higiene, uma casa com um bebê sempre deve ter um mini estoque com outros produtos. Entre eles estão:

– Álcool 70% (usado para a limpeza do coto umbilical);

– Tesoura sem ponta;

– Pinça;

– Luvas;

– Termômetro para corpo e banheira;

– Pomadas para assaduras;

– Bolsa de água quente e fria;

– Aspirador nasal.

ANTISSÉPTICOS

É claro que você vai querer que seu filho (a) brinque ao máximo, mas para garantir que isso seja feito de forma segura, você deve estar preparada (o) para eventuais machucados. Por isso, sua farmacinha deve conter: água oxigenada, mercúrio (merthiolate), soro fisiológico (usado nas narinas) e solução iodada (para desinfectar feridas). Além disso, para realizar os curativos, você também vai precisar de esparadrapo, algodão, band-aid, gaze e ataduras.

Todos os itens que nós citamos geralmente são recomendados pelos pediatras para que os pais tenham em casa. Porém, antes de comprar medicamentos para crianças é importante conversar com o médico. Dessa forma, ele poderá receitar os melhores remédios para seu filho (a) e você ainda terá a oportunidade de pedir algumas informações sobre a quantidade que deve ser ingerida, quais deles podem e não podem ser tomados juntos e o que fazer em caso de reação alérgica.

E lembre-se: se você tiver alguma emergência em casa, sempre ligue para o pediatra. Informe os sintomas do seu bebê para que ele possa te instruir sobre o melhor a fazer em cada caso.

Links da Semana #172

10.11| Links da Semana
mom-dad-and-baby

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Dengucho na Moda: Dicas de roupas para meninos em Curitiba

07.11| Dengucho na Moda

Nos dias mais quentes, os meninos gostam muito de brincar fora de casa e se divertir com os amigos! Que tal deixar o verão do seu denguinho ainda mais lindo com essas roupas para meninos bem fresquinhas, lindas e leves? Tem bermudas e camisetas muuuito fofas aqui nas Lojas Denguinho!

Confira os modelos:

denguinho_blog_040_v1

Venha conferir essas e outras roupas para meninos nas lojas Denguinho em Curitiba:

Denguinho Pinheirinho

  • Endereço

    Av. Winston Churchill, 2346

  • Telefone

    (41) 3246-2203

  • Whatsapp

    (41) 99725-2255

Denguinho Sítio Cercado

  • Endereço

    Rua Izaac Ferreira da Cruz, 2875

  • Telefone

    (41) 3349-3547

  • Whatsapp

    (41) 99953-5426

Esperamos sua visita!

Página 1 de 3612345...102030...Última »