10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Vida de mãe é feita de altos e baixos. É uma fase deliciosa cuidar de uma criança, mas requer muita responsabilidade. Essa ambiguidade é o que faz a maternidade ser interessante e costuma ter como “resultado” um ser humano incrível. Para ter uma maternidade ainda mais feliz, às vezes é necessário se desapegar de pensamentos tradicionais e conselhos para confiar na própria capacidade de escolher o que é melhor para sua família e, principalmente, para o seu filho ou filha.

Dica bônus: um exemplo de mãe que desafiou – e continua desafiando – muito do que diziam que era a maternidade é a digital influencer Carol Rocha, também conhecida como @tchulim no Instagram e no Twitter. Vale a pena acompanhar a jornada dela como mãe do fofíssimo Valentin!

Parto

Cada mulher tem uma experiência ou uma opinião quanto o assunto é parto. Algumas contam maravilhas sobre o parto normal, outras preferem marcar uma cesárea, e também há quem queira ter o bebê na água. A decisão cabe à mãe, com orientação do obstetra, sobre o tipo que a deixe mais confiante e confortável para que o momento do nascimento seja o mais tranquilo possível.
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Amamente - enquanto puder e quando seu filho precisar

A amamentação é unanimemente recomendada nos primeiros seis meses do bebê. Mas e depois? Não há uma idade certa para parar de amamentar. Como o leite materno é um composto saudável para a criança, ele pode servir de complemento às refeições até mais ou menos os 2 anos de idade.
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz
Outra questão é a amamentação fora de casa. Algumas mães preferem não amamentar em público por vergonha e medo do julgamento alheio. Caso você se sinta assim, é possível colocar um paninho para cobrir. Mas tente superar isso: saiba que amamentar é natural e a única pessoa com quem você precisa se preocupar nesse momento é seu filho.
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Licença-maternidade

Os quatro ou seis meses de licença-maternidade são um direito que cada mãe pode – e deve! – aproveitar ao máximo. Durante esse tempo, evite se preocupar com assuntos de trabalho e direcione toda sua atenção ao seu filho. É nele que os laços entre mamãe e bebê serão fortalecidos, por isso é tão importante dedicá-lo ao seu bem mais precioso.
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Se quiser, lute pela vida profissional

Nenhuma mãe é obrigada a desistir da vida profissional para cuidar dos filhos, muito menos a voltar a ela caso decida se dedicar somente a eles. Atualmente, a escolha é da mulher e não há certo ou errado. Por isso, se quiser, você tem todo o direito de voltar a trabalhar, conciliando com os cuidados em casa.

Nesse caso, lute também por horários flexíveis no trabalho ou home office para que você não precise passar tanto tempo longe do seu bebê.

10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Divida com a outra metade do casal

Criança não é responsabilidade unicamente da mãe. A outra metade do casal também precisa cuidar do bebê, inclusive para dar merecida folga à mulher. Portanto, dividam o cuidado e incentive o outro a conhecer o próprio filho para que, sem medos, possa curtir cada momento ao lado dele.
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Não ligue para julgamentos

Quando as pessoas estão, de fora, vendo o relacionamento entre mãe e filho, é comum que surjam julgamentos que não foram solicitados. Tem sempre alguém para dizer “se fosse meu filho, eu faria assim” ou um olhar de reprovação. Mas já que a mãe é você, e não os outros, ninguém tem o direito de julgá-la. Nenhuma criança é igual, assim como nenhum pai ou mãe, então não há uma fórmula para a maternidade. Pense nisso sempre que os julgamentos alheios começarem a plantar a sementinha da insegurança na sua cabeça.
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Não entre na onda de competição

Onde há várias mães reunidas, as chances de que estejam falando dos filhos é grande. E muitas vezes, cada uma quer contar vantagem, como se fosse uma espécie de competição. Nesses momentos, prefira não entrar no jogo. Se filho de fulana é um gênio da matemática aos dois anos de idade e o seu gosta de brincar com bloquinhos, isso quer dizer absolutamente nada. Confie no seu ótimo trabalho como mãe e não se deixe abalar com as “histórias de pescador” que você ouvir por aí.
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Crie seus filhos para serem iguais

É claro que cada um de seus filhos são únicos, mas não é por isso que um é melhor que o outro. É injusto ensinar meninas, desde pequenas, a cuidar de uma casa (mesmo em brincadeiras) e livrar os meninos de aprenderem também. Ou ensinar os meninos a cuidar de um carro e deixar as meninas de fora. Ambos podem ter momentos especiais de aprendizagem em diversas situações, e muitas vezes esse conhecimento acaba sendo muito útil quando eles chegarem à vida adulta.
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Deixe seu filho ser quem ele quiser

Evite forçar suas vontades na vida dos seus filhos. Se o seu menino quiser brincar de boneca e sua menina de futebol; se ele disser que não quer ser médico ou engenheiro quando crescer; ou até mesmo se ele se interessar por roupas do sexo oposto: deixe ele ser quem quiser ser. É claro que você não deve delegar ao pequeno todas as decisões, mas também não seja uma mãe ditadora. Pode crer: será ótimo para tanto para você quanto para ele!
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Aproveite e faça cada momento ser especial

Cada criança só será criança uma vez na vida. Depois, não há volta. Para não haver arrependimentos posteriores, passe o máximo de tempo que você puder curtindo cada fase. Tente com frequência ver o lado belo até das tarefas menos agradáveis, afinal, elas também fazem parte da vida materna. Com positividade e otimismo, a maternidade fica bem mais leve e com certeza mais feliz!
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz