best-first-foods-for-baby

Será que já é hora de trocar o peito pela papinha? Frutas amassadas ou papinha de legumes? A alimentação para o bebê sempre é motivo de dúvidas para as mamães e papais, afinal, sempre queremos manter a saúde dos pequerruchos.

Então, confira as nossas dicas de alimentação para o seu bebê até o primeiro aninho:

0 a 6 meses

Nessa fase, o único alimento que o seu bebê deve ingerir é o leite materno. Nele, há tudo o que é necessário para a criança se desenvolver de forma saudável, sem a necessidade de nenhum tipo de complemento, o que inclui vitaminas, nutrientes e até mesmo água.

Algumas mamães acham que possuem o leite fraco, o que não passa de um mito, e, por isso, oferecem chazinhos ou água para a criança. O que é desnecessário. Inclusive, oferecer esses líquidos pode fazer com que a criança engula ar, ocasionando cólicas no bebê.

Nos casos em que a alimentação do bebê for por meio de leite em pó adaptado, nessa fase da vida o indicado é oferecer mamadeiras sempre que ele quiser, em torno de 6 a 7 por dias, e, nessa situação, deve-se dar água à criança.

6 a 7 meses

Depois dos seis primeiros meses de idade, a alimentação do bebê já pode ser complementada com novos alimentos. Porém, a amamentação deve continuar até os dois anos de idade.

Nesse momento de transição, a dica de alimentação é intercalar os alimentos entre as mamadas, começando com frutas pastosas amassadas. Banana, manga, mamão e caqui são ótimas para fazer uma papinha.

7 a 9 meses

A partir do sétimo mês, a alimentação do bebê já pode ser de comidinhas salgadas em purê, para facilitar o processe de digestão da criança. Papinhas com legumes, feijão e carne de frango ou peru também fazem parte do cardápio, mas sempre lembrando de oferecer água para o pequeno.

Nessa idade, iogurtes leves, sorvetinhos caseiros e gema de ovo cozido também podem ser oferecidas ao bebê.

Depois que seu filho já estiver acostumado com as papinhas, comece a oferecer alimentos sólidos em pedaços que ele consiga mastigar, como futas ou grãos cozidos. Isso é importante para que ele vá aprendendo a sentir texturas e desenvolvendo mais o paladar.

9 a 1 ano

Até um ano de idade, o ideal é que a alimentação do bebê seja o mais próximo possível da dos pais, respeitando, é claro, alimentos com temperos muito forte. Além da alimentação balanceada, as refeições compartilhadas servem para que o pequeno desenvolva laços com a família.

Com um aninho, a criança estará apta a ingerir de tudo, como cereais, massas, carne, frutas e legumes. Porém, alimentos com muita gordura e açúcar devem ser evitados.

Lembrando que a criança sempre aprende pelo exemplo, então, é um ótimo momento de controlar a alimentação de toda a família em prol da saúde.

Quer saber mais sobre o universo divertido do seu denguinho?