Dicas para ter mais tempo para ficar com os filhos

15.08| Infância
590e31aa683b69e1da4ac11b1dc9306175af54d910a59

Ser mãe e trabalhar ao mesmo tempo é um dos maiores desafios da vida de uma mulher, ainda mais nos dias de hoje em que sempre estamos na correria e cheias de compromissos! Mas como driblar esses obstáculos, ser produtiva no trabalho e ainda ter mais tempo para ficar com seu filho? Fique de olho nas dicas:

Trace objetivos:

Em ambos os papeis (tanto de mãe quanto de profissional), trace objetivos que você acha que vai conseguir cumprir em um determinado período de tempo. Por exemplo, o objetivo de mãe poderia ser: passar 2 horas a mais com o filho. O objetivo profissional: traçar prioridades em suas tarefas e cumpri-las no prazo estipulado. Depois de estabelecer esses objetivos, planeje a sua semana em cima deles!

Hora da refeição:

Determine uma (ou mais) refeições para fazer junto com sua família e seus filhos. Seja um almoço rápido ou o jantar, é importante passar um tempo descontraído junto com quem você ama! Não ligue a TV ou vá direto para o computador…é importante que vocês conversem sobre o dia a dia de cada um.

Antes de dormir:

Que tal ler uma historinha ou simplesmente ir ao quarto dos seus filhos para vocês conversarem? Antes de dormir é um bom horário para fazer essas pequenas coisas que fazem toda a diferença no dia a dia!

Aos finais de semana:

Ao invés de passar o final de semana todo descansando em casa, que tal aproveitar o tempo com seus filhos? Brincar no parque, passear, visitar amigos/parentes, fazer alguma brincadeira criativa com eles… tudo vale a pena para você ter mais tempo de lazer e relaxar ao lado dos pequenos!

Trabalho e dever de casa:

Caso aconteça de você precisar trabalhar em casa, divida a mesa com seus filhos e peça para que eles façam o dever de casa enquanto você trabalha. Assim, eles se sentirão importantes e seguros por você estar por perto!

Essas foram algumas dicas do Dengucho para você! :)

Links da Semana #160

11.08| Links da Semana
Links da semana #81

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Links da Semana #159

04.08| Links da Semana
baby 2

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Links da Semana #158

28.07| Links da Semana
shutterstock_391353316

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Será que castigo funciona?

26.07| Infância
Será que castigo funciona?

Essa é uma questão difícil de responder. Existem diferentes tipos de crianças e de pais também; por isso, não há uma fórmula de sucesso, e a melhor forma de educar compete à família. O importante, em qualquer situação, é que pais e filhos estabeleçam combinados e que ambos cumpram o que foi definido.

Caso os pais decidam utilizar o castigo como forma de educar caso os filhos desobedeçam ao combinado, seguem dicas para que tenham boas chances de funcionar:

Antes de tudo, a base tem que ser o diálogo claro entre as duas partes. Não somente quando alguma coisa está errada, mas uma verdadeira e profunda relação com os filhos.

É na conversa que a criança vai entender sobre comportamento adequados, limites e as consequências das ações dela, incluindo em casos de desobediência.

Os pais precisam falar uma só língua. Se um for impassível e o outro permissivo, não vai dar certo.

O castigo funciona melhor com crianças maiores de 2 anos, que já conseguem entender mais facilmente os conceitos de ação e reação.

Ele precisa ser usado como parte da educação da criança, não apenas como punição.

Será que castigo funciona?

Faça o possível para deixar o castigo como último recurso porque se for a punição de sempre, pode ser que chegue o momento em que não funcione mais.

Deixe claro que estão chateados com a atitude da criança, não com ela. E que dar castigos não é agradável para vocês.

Converse com a criança para explicar os motivos do castigo que ela vai receber. Abra espaço para ela justificar as próprias ações.

Seja firme e mantenha um tom sério nesse momento. Olhe nos olhos da criança. Não hesite ou olhe com dúvida para seu parceiro ou parceira.

Se você está com raiva, evite aplicar o castigo nesse estado. Tire um momento para espairecer e, então, sente para conversar com seus filhos.

Será que castigo funciona?

Tente dar castigos que sejam relacionados ao que a criança fez, e mantenha a proporção, independentemente do seu humor na hora. Ou seja, não exagere no castigo por algo não tão grave que ela cometeu.

Resolva o que aconteceu entre vocês, em um lugar privado, não em frente a outras pessoas.

Segundas chances são interessantes, afinal errar é natural do ser humano. O que não pode acontecer é isso se tornar constante; do contrário, o momento do castigo será sempre adiado e os combinados ficarão banais.

Não caia em chantagens emocionais e manipulações. Se algo foi combinado e bem explicado, não volte atrás por causa de choros e manhas. Porque se funcionar uma vez, a criança vai usar essa tática nas próximas vezes.

Se o mau comportamento resulta em castigo, o bom comportamento precisa ser apreciado. Não com presentes (porque o bom comportamento precisa ser algo natural, não uma troca), mas com reconhecimento. Reconhecer que a criança agiu bem e que ela precisa continuar a agir dessa forma vai incentivá-la a fazer o certo.

Conhece outras dicas que podem ajudar a fazer os castigos funcionarem na educação das crianças? Conte para nós!

Links da Semana #157

21.07| Links da Semana
bbe

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Temas divertidos para chá de bebê

18.07| Gestação
Temas divertidos para chá de bebê

A barriga já está grande e não falta muito tempo para o bebê nascer. É, futura mamãe, chegou a hora de preparar o chá de bebê, chamar amigos e familiares, curtir os paparicos, ouvir conselhos de outras mães e, é claro, aproveitar para completar o enxoval. Quer tornas as coisas mais divertidas? Saia do tradicional, confira os temas divertidos para chá de bebê que reunimos e se inspire:

Abelhas

Em tons amarelo, branco, marrom e preto, o tema de abelhas serve para chás de bebê de ambos os sexos. Elementos em formato de colmeia e pequenas abelhinhas de papel ou plástico completam a decoração.

Animais

Além das abelhas, outros animais podem servir de inspiração para o chá de bebê: raposas, elefantinhos, ovelhinhas, girafas, corujinhas e muito mais. As cores geralmente seguem as cores associadas ao bicho escolhido, mas pode haver versões (uma coruja azul, um elefante rosa… por que não?).

Colorido

O colorido remete à alegria e ao imaginário infantil, repleto de criatividade. Os tons podem ser mais ou menos vibrantes, em degradê de uma cor ou a mistura de várias delas. O elemento mais utilizado são os balões, que podem ser arranjados em um arco normal ou desconstruído.

Doces

A ideia aqui é decorar com elementos que reproduzam doces deliciosos, como sorvetes, pirulitos, granulados, entre outros. É comum utilizar as candy colors. O bolo pode ter um degradê nas camadas e na cobertura, dando um charme a mais ao visual da festa.

Flores

Misturando o boho e o vintage, o chá de bebê com tema de flores é uma ótima opção para locais ao ar livre e para ambientes pequenos, pois não precisa de muitos elementos para compô-lo. As flores podem ser colocadas num painel, na gaveta de um aparador ou em pequenos vasos. Fitas e balões complementam a decoração.

Mundo azul

Esse tema costuma ser utilizado para chás de bebê de meninos, mas também funciona para meninas. Vários tons de azul, contrastando com o branco e/ou cinza, são o charme da decoração e podem ser combinados com elementos rústicos ou clássicos.

Nuvens e balões de ar

As nuvens e balões de ar são tendência quando o assunto é chá de bebê. Podem ser feitos com bexigas, papel ou colocados em um varal. É ideal para chás de bebê de ambos os sexos. O bolo costuma ser feito com cobertura de pasta americana, bem decorado. A ideia é relacionar o tema com um ambiente de sonhos e muita calma.

Unicórnios

O animal místico e adorável é inspiração para um chá de bebê com estilo, pois mistura elementos clássicos, vintages e rústicos com candy colors. O chifre do unicórnio pode ser representado em cupcakes, lembrancinhas, no bolo e em outras partes da decoração. O verde, o azul e o rosa são as cores mais utilizadas.

Chá de revelação

Uma tendência que vem crescendo no Brasil é o chá de revelação do sexo do bebê, no qual a decoração geralmente é feita nas cores azul e rosa, de forma equilibrada. A graça dessa comemoração é que os pais ou os convidados descubram se o bebê é um menino ou uma menina. Para isso, um momento é escolhido: o corte do bolo (massa colorida de rosa ou azul), a abertura de uma caixa cheia de balões, a entrega de cupcakes ou outra ideia criativa. Antes, porém, os convidados podem deixar a opinião ou expressar a torcida por um dos sexos e até sugerir nomes.
E você? Qual gostou mais?

Comente ou deixe mais sugestões de temas divertidos para chá de bebê.

Dengucho na moda: Liquidação de Inverno – Roupas infantis com desconto em Curitiba

13.07| Dengucho na Moda

O Liquida Inverno já chegou aqui nas Lojas Denguinho. Sim, você vai encontrar roupas e calçados infantis com um precinho pra lá de bom! Tudo que você verá abaixo está em liquidação… e tem muito mais nas lojas!

denguinho_blog_036_v3

Venha aproveitar a Liquidação de Inverno nas Lojas Denguinho em Curitiba:

Denguinho Pinheirinho

  • Endereço

    Av. Winston Churchill, 2346

  • Telefone

    (41) 3246-2203

  • Whatsapp

    (41) 99725-2255

Denguinho Sítio Cercado

  • Endereço

    Rua Izaac Ferreira da Cruz, 2875

  • Telefone

    (41) 3349-3547

  • Whatsapp

    (41) 99953-5426

Esperamos sua visita! 

Férias de julho: o que fazer neste período com as crianças

10.07| Infância
Férias de julho: o que fazer neste período com as crianças

As férias de julho chegaram – e, por mais que isso seja delicioso para as crianças, os pais costumam ficar confusos sobre o que fazer para ocupar o tempo livre da garotada. Se esse é o seu caso e você está se perguntando o que fazer nas férias de julho com as crianças, nós te ajudamos com uma lista bem divertida e simples de atividades:

Se a família inteira está de férias nessa época, que tal uma viagem? Pode ser para a casa dos avós, dos tios, dos primos… ou quem sabe uma viagem internacional? De qualquer maneira, é preciso pensar se o destino oferece oportunidades para que o pequeno se distraia. Afinal, se for ficar entediado, melhor ficar entediado em casa (e essa não é a ideia, não é mesmo?).

Visitas a parques, idas à praia (caso esteja quente o bastante), trilhas em meio à natureza, contato com animais são programas que costumam agradar a todas as idades.

Caso não seja possível viajar, uma ideia é conversar com os pais dos coleguinhas e programar para que a criançada se encontre cada vez em uma casa para brincar o dia inteiro (ou a tarde inteira). É importante, porém, que em cada local tenha um adulto para supervisioná-las.

As horas passadas em frente a aparelhos tecnológicos (celular, tablet, computador, videogame, TV…) precisam ficar equilibradas com o tempo passado em brincadeiras e atividades que não os envolvam. E o que a criança pode fazer? Brincar com jogos de tabuleiro, em parquinhos ao ar livre (desde que as crianças estejam bem agasalhadas), atividades que dependam de criatividade (desenho, pintura, origamis, entre outros) ou até mesmo o tradicional faz-de-conta.

Outra ideia legal é programar passeios a museus e shoppings. Alguns museus costumam oferecer programação especial para crianças nesta época, e os shoppings disponibilizam atividades voltadas aos pequenos (patinação no gelo, circuitos temáticos, workshops infantis de gastronomia e piscina de bolinhas, por exemplo).

Algum filme infantil interessante está em cartaz no cinema? Um espetáculo de dança ou peça de teatro? Marque horários para curtir programas assim com seus filhos.

Fazer um “cinema” em casa é um programa muito divertido! Basta arrumar o sofá ou colocar um colchão no chão, jogar várias almofadas, travesseiros e cobertores, e estourar uma pipoquinha ou fazer um delicioso chocolate quente. Depois, é só escolher o filme e apertar o play! As crianças vão amar!

Seus filhos querem fazer um lanchinho no meio da tarde? Então coloque-os para ajudar! Dessa atividade, podem sair maravilhosos bolinhos, mini-pizzas, sanduíches e muito mais.

Mais para o final do mês, caso seja necessário renovar alguns materiais escolares, leve as crianças para ajudar na escolha e, assim, antecipar a compra de novos materiais que serão utilizados quando eles voltarem às aulas.

E quanto à rotina das crianças? É bom manter os horários para dormir e fazer as refeições?

Teoricamente, o mais saudável é que as crianças acordem e durmam no mesmo horário e mantenham a rotina em relação às refeições. Na prática, sabemos quanto é difícil resistir àquele olhar “pidão” quando a criança quer dormir um pouco mais tarde e aproveitar a caminha no outro dia de manhã. A decisão é de vocês, pais.

É importante lembrar apenas que caso os horários fiquem flexíveis, eles devem voltar aos poucos à rotina alguns dias antes da volta às aulas, para que a criança se acostume novamente a dormir, acordar e comer nos horários certos. Isso evita o choque do retorno ao dia a dia escolar e consequente mau humor matutino.

Os melhores aplicativos para quem é mãe

07.07| Gestação
mmmm

Pensando no dia a dia muuuito corrido que toda mãe tem, os aplicativos de smartphone chegam para deixar tudo ainda mais fácil! Nós preparamos uma lista com os melhores aplicativos para quem é mãe. Confira:

Mãe Guru

Um aplicativo ótimo para todas as fases da maternidade e para mamães que querem trocar experiências, já que o aplicativo permite isso por meio de uma rede de apoio, na qual você pode trocar confidências anonimamente!

Contraction Master

Sabe o famoso “alarme falso”? Esse aplicativo pode te ajudar a evitá-los! Ele é voltado para mães que querem realizar parto normal, podendo ser usado em todas as situações para medir suas contrações, medindo a intensidade e a duração de cada uma delas. Além disso, permite que você envie um relatório dos dados para o seu médico!

Pais&Filhos - Gravidez Semana a Semana

Um aplicativo mais que completo: permite o acompanhamento do desenvolvimento do seu bebê, desde o comecinho até o dia do nascimento, dividindo por etapas e criando, assim, um diário pessoal interativo para a mamãe.

Vacinação em DIa

Aplicativo criado pelo Ministério da Saúde que ajuda a mãe a gerenciar a carteira de vacinação do bebê, porque vacina é coisa séria! Traz diversas informações relevantes sobre as vacinas, como se estão disponíveis pela rede pública na sua cidade, lembretes e muito mais.

Aleitamento

Mantenha o controle sobre a amamentação! Esse app permite que você registre a hora em que seu bebê mamou, em qual peito e por quanto tempo. Muito útil!

Bebê Conecta

Um app que serve como uma agenda para o bebê. Você pode marcar por lá as consultas, detalhes da rotina, as vacinas, etc.

Boa Noitinha

Pra lá de fofo, esse aplicativo tem como foco as crianças de 1 a 4 anos. Funciona como um jogo: a criança põe os animaizinhos na cama e apaga a luz da casa, colocando-os para dormir. Perfeito para o ritual de dormir e fazer as crianças pegarem no sono!

Quer mais dicas sobre o universo do seu denguinho? Confira em nosso Facebook!

Página 2 de 3412345...102030...Última »