Links da Semana #156

07.07| Links da Semana
Pais-4

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Fidget spinner: será que é perigoso para o seu filho?

05.07| Infância
Fidget-spinners

Se você é uma mãe por dentro das novidades, já deve ter ouvido, visto ou até comprado um fidget spinner para o seu filho. Caso não faça a mínima ideia do que é isso, nós explicamos:

O que é?

O fidget spinner é um brinquedo semelhante a um pião, mas feito com três hélices unidas em um eixo central, que gira entre o indicador e o polegar da pessoa. É feito com rolamentos que permitem que ele fique girando por bastante tempo, criando movimentos repetitivos totalmente viciantes.  Alguns até possuem luzinhas para deixar a brincadeira mais divertida.

Febre nos Estados Unidos, o fidget spinner agora virou mania no Brasil. Há quem faça do passatempo uma competição para ver quem consegue girar o brinquedo mais vezes.

De acordo com fabricantes, foi originalmente desenvolvido para ajudar crianças que sofrem com ansiedade, TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade) e autismo. O objetivo do fidget spinner era tranquilizar a criança, por meio do padrão dos movimentos do brinquedo. Tais benefícios, porém, não possuem comprovação científica.

Mas será que o fidget spinner é perigoso de alguma forma?

Polêmica

Alguns casos norte-americanos deixaram os pais preocupados:

– Muitas escolas tiveram que proibir o uso do brinquedo durante as aulas, pois estava distraindo os alunos e atrapalhando o aprendizado;

– Um menino de 11 anos estava brincando com um fidget spinner e, em dado momento, ele o jogo para cima e não conseguiu pegá-lo de volta. O brinquedo caiu no olho da criança e resultou em um machucado feio;

– Em outro caso, o spinner atingiu os dentes de uma menina de 9 anos, quebrando-os e fazendo com que fossem necessários diversos procedimentos odontológicos para resolver o problema.

Ou seja...

O fidget spinner só é perigoso se usado de maneira errada. Por isso, é importante que a criança brinque sempre na presença de um adulto que esteja atento, ficando de olho no modo como ele é utilizado.

Também não é recomendado para menores de 3 anos, sendo mais sensato deixar apenas crianças maiores brincarem.

Como se preparar para a chegada do segundo filho

29.06| Gestação
shutterstock_209166397

E aí de repente você está esperando o seu segundo filho. Que sensação maravilhosa! Mais uma criança em casa para trazer muita alegria e amor em dobro!

Mas e agora? Como vai ficar a disposição e estrutura da casa para a chegada de mais um membro da família? Confira algumas dicas abaixo para a chegada do segundo filho:

As demandas do filho mais velho

A gente vê muita matéria por aí dando dicas de como “preparar” o filho mais velho para a chegada do novo irmãozinho (a). Mas, mãe e pai, não fiquem “bitolados” com isso. O filho mais velho vai se acostumar com a nova rotina da casa tanto quanto vocês.

O ideal é vocês contarem ao filho mais velho que ele vai ganhar um irmãozinho ou irmãzinha desde cedo, para que ele se acostume com a ideia de que, em algum momento, mais um bebê vai chegar em casa. Assim, a própria criança vai trabalhando com seus sentimentos aos poucos.

Outra dica valiosa é: adiante todas as demandas do seu primogênito logo no início da gravidez do segundo filho. Por exemplo: matricule-o na creche ou escolinha, pense e planeje a nova rotina que ele mesmo vai levar após o novo bebê chegar em casa, e vá fazendo essas mudanças aos poucos. Assim, é mais fácil do primeiro filho se acostumar às mudanças. Muito melhor do que mudar tudo “de última hora”, pois ele pode até se sentir meio “abandonado” com mudanças muito abruptas.

O essencial neste caso é você realmente inserir o seu primeiro filho na chegada do segundo. Faça ele participar da escolha dos móveis, do nome, das cores do quarto do bebê, faça-o abrir os presentes do segundo filho com você, leve-o em consultas médicas… coisas pequenas assim fazem toda a diferença!

Será que sua casa comporta mais um filho?

Essa é uma das primeiras coisas que você deve pensar quando receber a notícia que será mãe novamente. Se você mora num lugar que já é apertadinho para você, seu marido/mulher e seu filho, então com a chegada do segundo filho as coisas terão de mudar. Você pode escolher entre fazer os seus filhos dividirem o quarto (e essa é uma escolha super saudável para a relação dos dois!) ou vocês terão que mudar para um lugar maior, para acomodar todos com conforto. Então planejem isso com antecedência!

Você está preparada para cuidar de 2 crianças?

Lógico que é totalmente possível você cuidar de 1, 2, 3, 4 filhos, mas será que você mesma está preparada para isso? Será que você realmente não vai precisar de ajuda? Pois se a resposta é “sim, precisarei de uma mãozinha”, isso não é problema nenhum! Então planeje certinho como vai ser isso. Talvez o seu marido/mulher tenha que tirar férias no período inicial para te ajudar, talvez os avós entrem em cena também, ou até mesmo uma babá pode ser muito bem-vinda! Deixe o orgulho de lado e peça ajuda, sim!

Invista seu tempo em um planejamento financeiro

Nada nessa vida funciona direito se a gente não planejar. E como as finanças são muito importantes nessa fase, um planejamento financeiro é o ideal para não ter surpresas quando o assunto é dinheiro. Analise suas condições financeiras e, se você precisar fazer alguns cortes e economias para a chegada do segundo filho, faça! Foque no seu objetivo!

Quer mais dicas sobre o universo do seu denguinho? Confira em nosso Facebook!

Links da Semana #155

| Links da Semana
566511b5-c9ef-4d31-b5b6-8a1b2c6a7ecc

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Links da Semana #154

23.06| Links da Semana
sleeping_baby

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

20.06| Infância, Recém-Nascidos
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Vida de mãe é feita de altos e baixos. É uma fase deliciosa cuidar de uma criança, mas requer muita responsabilidade. Essa ambiguidade é o que faz a maternidade ser interessante e costuma ter como “resultado” um ser humano incrível. Para ter uma maternidade ainda mais feliz, às vezes é necessário se desapegar de pensamentos tradicionais e conselhos para confiar na própria capacidade de escolher o que é melhor para sua família e, principalmente, para o seu filho ou filha.

Dica bônus: um exemplo de mãe que desafiou – e continua desafiando – muito do que diziam que era a maternidade é a digital influencer Carol Rocha, também conhecida como @tchulim no Instagram e no Twitter. Vale a pena acompanhar a jornada dela como mãe do fofíssimo Valentin!

Parto

Cada mulher tem uma experiência ou uma opinião quanto o assunto é parto. Algumas contam maravilhas sobre o parto normal, outras preferem marcar uma cesárea, e também há quem queira ter o bebê na água. A decisão cabe à mãe, com orientação do obstetra, sobre o tipo que a deixe mais confiante e confortável para que o momento do nascimento seja o mais tranquilo possível.
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Amamente - enquanto puder e quando seu filho precisar

A amamentação é unanimemente recomendada nos primeiros seis meses do bebê. Mas e depois? Não há uma idade certa para parar de amamentar. Como o leite materno é um composto saudável para a criança, ele pode servir de complemento às refeições até mais ou menos os 2 anos de idade.
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz
Outra questão é a amamentação fora de casa. Algumas mães preferem não amamentar em público por vergonha e medo do julgamento alheio. Caso você se sinta assim, é possível colocar um paninho para cobrir. Mas tente superar isso: saiba que amamentar é natural e a única pessoa com quem você precisa se preocupar nesse momento é seu filho.
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Licença-maternidade

Os quatro ou seis meses de licença-maternidade são um direito que cada mãe pode – e deve! – aproveitar ao máximo. Durante esse tempo, evite se preocupar com assuntos de trabalho e direcione toda sua atenção ao seu filho. É nele que os laços entre mamãe e bebê serão fortalecidos, por isso é tão importante dedicá-lo ao seu bem mais precioso.
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Se quiser, lute pela vida profissional

Nenhuma mãe é obrigada a desistir da vida profissional para cuidar dos filhos, muito menos a voltar a ela caso decida se dedicar somente a eles. Atualmente, a escolha é da mulher e não há certo ou errado. Por isso, se quiser, você tem todo o direito de voltar a trabalhar, conciliando com os cuidados em casa.

Nesse caso, lute também por horários flexíveis no trabalho ou home office para que você não precise passar tanto tempo longe do seu bebê.

10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Divida com a outra metade do casal

Criança não é responsabilidade unicamente da mãe. A outra metade do casal também precisa cuidar do bebê, inclusive para dar merecida folga à mulher. Portanto, dividam o cuidado e incentive o outro a conhecer o próprio filho para que, sem medos, possa curtir cada momento ao lado dele.
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Não ligue para julgamentos

Quando as pessoas estão, de fora, vendo o relacionamento entre mãe e filho, é comum que surjam julgamentos que não foram solicitados. Tem sempre alguém para dizer “se fosse meu filho, eu faria assim” ou um olhar de reprovação. Mas já que a mãe é você, e não os outros, ninguém tem o direito de julgá-la. Nenhuma criança é igual, assim como nenhum pai ou mãe, então não há uma fórmula para a maternidade. Pense nisso sempre que os julgamentos alheios começarem a plantar a sementinha da insegurança na sua cabeça.
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Não entre na onda de competição

Onde há várias mães reunidas, as chances de que estejam falando dos filhos é grande. E muitas vezes, cada uma quer contar vantagem, como se fosse uma espécie de competição. Nesses momentos, prefira não entrar no jogo. Se filho de fulana é um gênio da matemática aos dois anos de idade e o seu gosta de brincar com bloquinhos, isso quer dizer absolutamente nada. Confie no seu ótimo trabalho como mãe e não se deixe abalar com as “histórias de pescador” que você ouvir por aí.
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Crie seus filhos para serem iguais

É claro que cada um de seus filhos são únicos, mas não é por isso que um é melhor que o outro. É injusto ensinar meninas, desde pequenas, a cuidar de uma casa (mesmo em brincadeiras) e livrar os meninos de aprenderem também. Ou ensinar os meninos a cuidar de um carro e deixar as meninas de fora. Ambos podem ter momentos especiais de aprendizagem em diversas situações, e muitas vezes esse conhecimento acaba sendo muito útil quando eles chegarem à vida adulta.
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Deixe seu filho ser quem ele quiser

Evite forçar suas vontades na vida dos seus filhos. Se o seu menino quiser brincar de boneca e sua menina de futebol; se ele disser que não quer ser médico ou engenheiro quando crescer; ou até mesmo se ele se interessar por roupas do sexo oposto: deixe ele ser quem quiser ser. É claro que você não deve delegar ao pequeno todas as decisões, mas também não seja uma mãe ditadora. Pode crer: será ótimo para tanto para você quanto para ele!
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Aproveite e faça cada momento ser especial

Cada criança só será criança uma vez na vida. Depois, não há volta. Para não haver arrependimentos posteriores, passe o máximo de tempo que você puder curtindo cada fase. Tente com frequência ver o lado belo até das tarefas menos agradáveis, afinal, elas também fazem parte da vida materna. Com positividade e otimismo, a maternidade fica bem mais leve e com certeza mais feliz!
10 dicas para você ter uma maternidade ainda mais feliz

Links da Semana #153

15.06| Links da Semana
41649C3100000578-0-image-a-6_1497369159479

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Links da Semana #152

09.06| Sem categoria
fotonoticia_20170507075953_800

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Como organizar uma festa junina infantil

06.06| Infância
festa_junina_2

Junho já chegou e, junto com ele, vem a época de festa junina! Que tal organizar a sua própria festa junina infantil para as crianças se divertirem de montão com brincadeiras, comidas típicas e trajes caipiras? Confira as dicas do Dengucho e inspire-se!

65efe30c06c370f16065808cf5dcfc4f
Que tal dar boas-vindas aos convidados com uma cortina dessas bem típica de festa junina? Muito legal!
Captura_de_tela_060217_041038_PM
Para não ter possíveis problemas com uma fogueira real, a ideia é criar uma fogueira “fake” com madeira, papel celofane e lâmpadas para dar um efeito bem divertido!
Real weddings - colourful flowers at the vibrant wedding of Fiona Kerr and Peter Brice, night shot of fairy lights and bright ribbons hanging from tree, jars of flowers
Se a sua casa tem um jardim, que tal enfeitar ele também para a festa junina infantil? A criançada vai adorar!
festa-infantil-junina-6
O convite para a sua festa junina infantil também pode ser temático! Invista em papeis coloridos e em formato de bandeirinhas!
Captura_de_tela_060217_041242_PM
Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br
A mesa de doces e salgados também pode estar bem decorada, para que os convidados sintam-se ainda mais no clima junino! Invista em bandeirinhas típicas, cores fortes, tecidos floridos e objetos temáticos. Vai ficar lindo!
25c1b3263220456b744bcb8779de1ddf
b9c9f8a37942b648b98c21eeb06718f0
1a2439e7adee1b35a67e8fd634dfc5d5
4ad2c1924231b189128e39ff6d2b7a65
b27740902d6ca587dab4e8a9fb738ee7
festa-infantil-junina-17
festa-infantil-junina-14
festa-infantil-junina-23
Uma das partes mais gostosas da festa junina são as comidinhas típicas… Hmmm!! Olha só essas ideias de comidas deliciosas e decorativas com pipoca, chocolate, doce de leite, paçoca, doce de abóbora, amendoim, milho… Maravilhoso!
festa-infantil-junina-24
E para fechar a festa, decore também a lembrancinha da festa junina infantil com bandeirinhas divertidas! Muito fofo!

Agora que a festa já está pronta, só falta o traje típico para seu denguinho! Clique no botão abaixo e confira as melhores roupas de Festa Junina no Dengucho na Moda:

Dengucho na Moda: Roupas para Festa Junina em Curitiba

01.06| Dengucho na Moda
Junho já chegou e com ele vem uma das épocas mais gostosas do ano: época de festa junina! Muita comidinha boa, brincadeiras legais, músicas típicas, quadrilha e diversão! E o seu denguinho não pode ficar de fora dessas festas temáticas, né?
Nas lojas Denguinho, você encontra diversas roupas para Festa Junina, tanto para meninos quanto para meninas! Seus denguinhos vão ficar lindos demais com essas roupas! Confira os modelos:
denguinho_blog_035_v2

Venha conferir essas e outras roupas juninas nas lojas Denguinho em Curitiba:

Denguinho Pinheirinho

  • Endereço

    Av. Winston Churchill, 2346

  • Telefone

    (41) 3246-2203

  • Whatsapp

    (41) 99725-2255

Denguinho Sítio Cercado

  • Endereço

    Rua Izaac Ferreira da Cruz, 2875

  • Telefone

    (41) 3349-3547

  • Whatsapp

    (41) 99953-5426

Esperamos sua visita! 

Página 3 de 3412345...102030...Última »