Links da Semana #157

21.07| Links da Semana
bbe

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Temas divertidos para chá de bebê

18.07| Gestação
Temas divertidos para chá de bebê

A barriga já está grande e não falta muito tempo para o bebê nascer. É, futura mamãe, chegou a hora de preparar o chá de bebê, chamar amigos e familiares, curtir os paparicos, ouvir conselhos de outras mães e, é claro, aproveitar para completar o enxoval. Quer tornas as coisas mais divertidas? Saia do tradicional, confira os temas divertidos para chá de bebê que reunimos e se inspire:

Abelhas

Em tons amarelo, branco, marrom e preto, o tema de abelhas serve para chás de bebê de ambos os sexos. Elementos em formato de colmeia e pequenas abelhinhas de papel ou plástico completam a decoração.

Animais

Além das abelhas, outros animais podem servir de inspiração para o chá de bebê: raposas, elefantinhos, ovelhinhas, girafas, corujinhas e muito mais. As cores geralmente seguem as cores associadas ao bicho escolhido, mas pode haver versões (uma coruja azul, um elefante rosa… por que não?).

Colorido

O colorido remete à alegria e ao imaginário infantil, repleto de criatividade. Os tons podem ser mais ou menos vibrantes, em degradê de uma cor ou a mistura de várias delas. O elemento mais utilizado são os balões, que podem ser arranjados em um arco normal ou desconstruído.

Doces

A ideia aqui é decorar com elementos que reproduzam doces deliciosos, como sorvetes, pirulitos, granulados, entre outros. É comum utilizar as candy colors. O bolo pode ter um degradê nas camadas e na cobertura, dando um charme a mais ao visual da festa.

Flores

Misturando o boho e o vintage, o chá de bebê com tema de flores é uma ótima opção para locais ao ar livre e para ambientes pequenos, pois não precisa de muitos elementos para compô-lo. As flores podem ser colocadas num painel, na gaveta de um aparador ou em pequenos vasos. Fitas e balões complementam a decoração.

Mundo azul

Esse tema costuma ser utilizado para chás de bebê de meninos, mas também funciona para meninas. Vários tons de azul, contrastando com o branco e/ou cinza, são o charme da decoração e podem ser combinados com elementos rústicos ou clássicos.

Nuvens e balões de ar

As nuvens e balões de ar são tendência quando o assunto é chá de bebê. Podem ser feitos com bexigas, papel ou colocados em um varal. É ideal para chás de bebê de ambos os sexos. O bolo costuma ser feito com cobertura de pasta americana, bem decorado. A ideia é relacionar o tema com um ambiente de sonhos e muita calma.

Unicórnios

O animal místico e adorável é inspiração para um chá de bebê com estilo, pois mistura elementos clássicos, vintages e rústicos com candy colors. O chifre do unicórnio pode ser representado em cupcakes, lembrancinhas, no bolo e em outras partes da decoração. O verde, o azul e o rosa são as cores mais utilizadas.

Chá de revelação

Uma tendência que vem crescendo no Brasil é o chá de revelação do sexo do bebê, no qual a decoração geralmente é feita nas cores azul e rosa, de forma equilibrada. A graça dessa comemoração é que os pais ou os convidados descubram se o bebê é um menino ou uma menina. Para isso, um momento é escolhido: o corte do bolo (massa colorida de rosa ou azul), a abertura de uma caixa cheia de balões, a entrega de cupcakes ou outra ideia criativa. Antes, porém, os convidados podem deixar a opinião ou expressar a torcida por um dos sexos e até sugerir nomes.
E você? Qual gostou mais?

Comente ou deixe mais sugestões de temas divertidos para chá de bebê.

Dengucho na moda: Liquidação de Inverno – Roupas infantis com desconto em Curitiba

13.07| Dengucho na Moda

O Liquida Inverno já chegou aqui nas Lojas Denguinho. Sim, você vai encontrar roupas e calçados infantis com um precinho pra lá de bom! Tudo que você verá abaixo está em liquidação… e tem muito mais nas lojas!

denguinho_blog_036_v3

Venha aproveitar a Liquidação de Inverno nas Lojas Denguinho em Curitiba:

Denguinho Pinheirinho

  • Endereço

    Av. Winston Churchill, 2346

  • Telefone

    (41) 3246-2203

  • Whatsapp

    (41) 99725-2255

Denguinho Sítio Cercado

  • Endereço

    Rua Izaac Ferreira da Cruz, 2875

  • Telefone

    (41) 3349-3547

  • Whatsapp

    (41) 99953-5426

Esperamos sua visita! 

Férias de julho: o que fazer neste período com as crianças

10.07| Infância
Férias de julho: o que fazer neste período com as crianças

As férias de julho chegaram – e, por mais que isso seja delicioso para as crianças, os pais costumam ficar confusos sobre o que fazer para ocupar o tempo livre da garotada. Se esse é o seu caso e você está se perguntando o que fazer nas férias de julho com as crianças, nós te ajudamos com uma lista bem divertida e simples de atividades:

Se a família inteira está de férias nessa época, que tal uma viagem? Pode ser para a casa dos avós, dos tios, dos primos… ou quem sabe uma viagem internacional? De qualquer maneira, é preciso pensar se o destino oferece oportunidades para que o pequeno se distraia. Afinal, se for ficar entediado, melhor ficar entediado em casa (e essa não é a ideia, não é mesmo?).

Visitas a parques, idas à praia (caso esteja quente o bastante), trilhas em meio à natureza, contato com animais são programas que costumam agradar a todas as idades.

Caso não seja possível viajar, uma ideia é conversar com os pais dos coleguinhas e programar para que a criançada se encontre cada vez em uma casa para brincar o dia inteiro (ou a tarde inteira). É importante, porém, que em cada local tenha um adulto para supervisioná-las.

As horas passadas em frente a aparelhos tecnológicos (celular, tablet, computador, videogame, TV…) precisam ficar equilibradas com o tempo passado em brincadeiras e atividades que não os envolvam. E o que a criança pode fazer? Brincar com jogos de tabuleiro, em parquinhos ao ar livre (desde que as crianças estejam bem agasalhadas), atividades que dependam de criatividade (desenho, pintura, origamis, entre outros) ou até mesmo o tradicional faz-de-conta.

Outra ideia legal é programar passeios a museus e shoppings. Alguns museus costumam oferecer programação especial para crianças nesta época, e os shoppings disponibilizam atividades voltadas aos pequenos (patinação no gelo, circuitos temáticos, workshops infantis de gastronomia e piscina de bolinhas, por exemplo).

Algum filme infantil interessante está em cartaz no cinema? Um espetáculo de dança ou peça de teatro? Marque horários para curtir programas assim com seus filhos.

Fazer um “cinema” em casa é um programa muito divertido! Basta arrumar o sofá ou colocar um colchão no chão, jogar várias almofadas, travesseiros e cobertores, e estourar uma pipoquinha ou fazer um delicioso chocolate quente. Depois, é só escolher o filme e apertar o play! As crianças vão amar!

Seus filhos querem fazer um lanchinho no meio da tarde? Então coloque-os para ajudar! Dessa atividade, podem sair maravilhosos bolinhos, mini-pizzas, sanduíches e muito mais.

Mais para o final do mês, caso seja necessário renovar alguns materiais escolares, leve as crianças para ajudar na escolha e, assim, antecipar a compra de novos materiais que serão utilizados quando eles voltarem às aulas.

E quanto à rotina das crianças? É bom manter os horários para dormir e fazer as refeições?

Teoricamente, o mais saudável é que as crianças acordem e durmam no mesmo horário e mantenham a rotina em relação às refeições. Na prática, sabemos quanto é difícil resistir àquele olhar “pidão” quando a criança quer dormir um pouco mais tarde e aproveitar a caminha no outro dia de manhã. A decisão é de vocês, pais.

É importante lembrar apenas que caso os horários fiquem flexíveis, eles devem voltar aos poucos à rotina alguns dias antes da volta às aulas, para que a criança se acostume novamente a dormir, acordar e comer nos horários certos. Isso evita o choque do retorno ao dia a dia escolar e consequente mau humor matutino.

Os melhores aplicativos para quem é mãe

07.07| Gestação
mmmm

Pensando no dia a dia muuuito corrido que toda mãe tem, os aplicativos de smartphone chegam para deixar tudo ainda mais fácil! Nós preparamos uma lista com os melhores aplicativos para quem é mãe. Confira:

Mãe Guru

Um aplicativo ótimo para todas as fases da maternidade e para mamães que querem trocar experiências, já que o aplicativo permite isso por meio de uma rede de apoio, na qual você pode trocar confidências anonimamente!

Contraction Master

Sabe o famoso “alarme falso”? Esse aplicativo pode te ajudar a evitá-los! Ele é voltado para mães que querem realizar parto normal, podendo ser usado em todas as situações para medir suas contrações, medindo a intensidade e a duração de cada uma delas. Além disso, permite que você envie um relatório dos dados para o seu médico!

Pais&Filhos - Gravidez Semana a Semana

Um aplicativo mais que completo: permite o acompanhamento do desenvolvimento do seu bebê, desde o comecinho até o dia do nascimento, dividindo por etapas e criando, assim, um diário pessoal interativo para a mamãe.

Vacinação em DIa

Aplicativo criado pelo Ministério da Saúde que ajuda a mãe a gerenciar a carteira de vacinação do bebê, porque vacina é coisa séria! Traz diversas informações relevantes sobre as vacinas, como se estão disponíveis pela rede pública na sua cidade, lembretes e muito mais.

Aleitamento

Mantenha o controle sobre a amamentação! Esse app permite que você registre a hora em que seu bebê mamou, em qual peito e por quanto tempo. Muito útil!

Bebê Conecta

Um app que serve como uma agenda para o bebê. Você pode marcar por lá as consultas, detalhes da rotina, as vacinas, etc.

Boa Noitinha

Pra lá de fofo, esse aplicativo tem como foco as crianças de 1 a 4 anos. Funciona como um jogo: a criança põe os animaizinhos na cama e apaga a luz da casa, colocando-os para dormir. Perfeito para o ritual de dormir e fazer as crianças pegarem no sono!

Quer mais dicas sobre o universo do seu denguinho? Confira em nosso Facebook!

Links da Semana #156

| Links da Semana
Pais-4

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Fidget spinner: será que é perigoso para o seu filho?

05.07| Infância
Fidget-spinners

Se você é uma mãe por dentro das novidades, já deve ter ouvido, visto ou até comprado um fidget spinner para o seu filho. Caso não faça a mínima ideia do que é isso, nós explicamos:

O que é?

O fidget spinner é um brinquedo semelhante a um pião, mas feito com três hélices unidas em um eixo central, que gira entre o indicador e o polegar da pessoa. É feito com rolamentos que permitem que ele fique girando por bastante tempo, criando movimentos repetitivos totalmente viciantes.  Alguns até possuem luzinhas para deixar a brincadeira mais divertida.

Febre nos Estados Unidos, o fidget spinner agora virou mania no Brasil. Há quem faça do passatempo uma competição para ver quem consegue girar o brinquedo mais vezes.

De acordo com fabricantes, foi originalmente desenvolvido para ajudar crianças que sofrem com ansiedade, TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade) e autismo. O objetivo do fidget spinner era tranquilizar a criança, por meio do padrão dos movimentos do brinquedo. Tais benefícios, porém, não possuem comprovação científica.

Mas será que o fidget spinner é perigoso de alguma forma?

Polêmica

Alguns casos norte-americanos deixaram os pais preocupados:

– Muitas escolas tiveram que proibir o uso do brinquedo durante as aulas, pois estava distraindo os alunos e atrapalhando o aprendizado;

– Um menino de 11 anos estava brincando com um fidget spinner e, em dado momento, ele o jogo para cima e não conseguiu pegá-lo de volta. O brinquedo caiu no olho da criança e resultou em um machucado feio;

– Em outro caso, o spinner atingiu os dentes de uma menina de 9 anos, quebrando-os e fazendo com que fossem necessários diversos procedimentos odontológicos para resolver o problema.

Ou seja...

O fidget spinner só é perigoso se usado de maneira errada. Por isso, é importante que a criança brinque sempre na presença de um adulto que esteja atento, ficando de olho no modo como ele é utilizado.

Também não é recomendado para menores de 3 anos, sendo mais sensato deixar apenas crianças maiores brincarem.

Como se preparar para a chegada do segundo filho

29.06| Gestação
shutterstock_209166397

E aí de repente você está esperando o seu segundo filho. Que sensação maravilhosa! Mais uma criança em casa para trazer muita alegria e amor em dobro!

Mas e agora? Como vai ficar a disposição e estrutura da casa para a chegada de mais um membro da família? Confira algumas dicas abaixo para a chegada do segundo filho:

As demandas do filho mais velho

A gente vê muita matéria por aí dando dicas de como “preparar” o filho mais velho para a chegada do novo irmãozinho (a). Mas, mãe e pai, não fiquem “bitolados” com isso. O filho mais velho vai se acostumar com a nova rotina da casa tanto quanto vocês.

O ideal é vocês contarem ao filho mais velho que ele vai ganhar um irmãozinho ou irmãzinha desde cedo, para que ele se acostume com a ideia de que, em algum momento, mais um bebê vai chegar em casa. Assim, a própria criança vai trabalhando com seus sentimentos aos poucos.

Outra dica valiosa é: adiante todas as demandas do seu primogênito logo no início da gravidez do segundo filho. Por exemplo: matricule-o na creche ou escolinha, pense e planeje a nova rotina que ele mesmo vai levar após o novo bebê chegar em casa, e vá fazendo essas mudanças aos poucos. Assim, é mais fácil do primeiro filho se acostumar às mudanças. Muito melhor do que mudar tudo “de última hora”, pois ele pode até se sentir meio “abandonado” com mudanças muito abruptas.

O essencial neste caso é você realmente inserir o seu primeiro filho na chegada do segundo. Faça ele participar da escolha dos móveis, do nome, das cores do quarto do bebê, faça-o abrir os presentes do segundo filho com você, leve-o em consultas médicas… coisas pequenas assim fazem toda a diferença!

Será que sua casa comporta mais um filho?

Essa é uma das primeiras coisas que você deve pensar quando receber a notícia que será mãe novamente. Se você mora num lugar que já é apertadinho para você, seu marido/mulher e seu filho, então com a chegada do segundo filho as coisas terão de mudar. Você pode escolher entre fazer os seus filhos dividirem o quarto (e essa é uma escolha super saudável para a relação dos dois!) ou vocês terão que mudar para um lugar maior, para acomodar todos com conforto. Então planejem isso com antecedência!

Você está preparada para cuidar de 2 crianças?

Lógico que é totalmente possível você cuidar de 1, 2, 3, 4 filhos, mas será que você mesma está preparada para isso? Será que você realmente não vai precisar de ajuda? Pois se a resposta é “sim, precisarei de uma mãozinha”, isso não é problema nenhum! Então planeje certinho como vai ser isso. Talvez o seu marido/mulher tenha que tirar férias no período inicial para te ajudar, talvez os avós entrem em cena também, ou até mesmo uma babá pode ser muito bem-vinda! Deixe o orgulho de lado e peça ajuda, sim!

Invista seu tempo em um planejamento financeiro

Nada nessa vida funciona direito se a gente não planejar. E como as finanças são muito importantes nessa fase, um planejamento financeiro é o ideal para não ter surpresas quando o assunto é dinheiro. Analise suas condições financeiras e, se você precisar fazer alguns cortes e economias para a chegada do segundo filho, faça! Foque no seu objetivo!

Quer mais dicas sobre o universo do seu denguinho? Confira em nosso Facebook!

Links da Semana #155

| Links da Semana
566511b5-c9ef-4d31-b5b6-8a1b2c6a7ecc

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Links da Semana #154

23.06| Links da Semana
sleeping_baby

A cada semana, você encontrará recomendações de matérias importantes, que vão te deixar ainda mais informada sobre o universo do seu filho. Confira os cinco melhores links desta semana:

Página 4 de 36« Primeira...23456...102030...Última »