sleeping_baby

Se para um adulto uma boa noite de sono é importante, para as crianças é ainda mais, pois estão em fase de crescimento. Por isso, a importância de ter uma rotina para dormir com hora certa, cumprida todos os dias. A irregularidade no horário de colocar a criança na cama pode afetar o relógio biológico dela, influenciando no humor, no apetite e no desempenho na escola, por exemplo. Há chances também dela desenvolver problemas emocionais e de comportamento.

A solução é simples: caso não tenha estabelecido horário para seu filho dormir, é hora de mudar e criar o hábito. Hoje é sempre um bom momento para começar!

Para ajudar no processo, a dica é criar uma rotina, uma sequência de atividades preparatórias que resultarão em um ambiente propício para a chegada do sono. A seguir, algumas ideias do que a família pode combinar:

O que fazer antes

> Criança tem energia para dar e vender, não é mesmo? Deixe que ele a gaste correndo e brincando até o jantar estar pronto;

> O jantar deve contar alimentos leves, para serem digeridos facilmente e não prejudicarem o sono. Recomenda-se que ele deve ser servido 2 horas antes do horário de dormir, dando tempo ao corpo para fazer a digestão;

> Ela está com sede? O último copo pode ser oferecido até 1 hora antes, evitando que a vontade de urinar a desperte no meio da noite.

O que fazer durante

> A rotina precisa ser breve, sem enrolações, mas mesmo assim feita com muita paciência e carinho;

> Após o jantar, brincadeiras e atividades tranquilas, que acalme os ânimos da criança;

> Nesse momento, afaste-a da TV, do videogame, do computador, celular, tablet ou qualquer outro dispositivo que emita luz intensa;

> Diminua o ritmo na casa: suavize luzes e sons;

> Que tal um banho para relaxar? Com água morna, de preferência;

> Avise o que vai acontecer em seguida, para que seu filho comece a se acostumar com a ordem das atividades. Ele ficará mais calmo ao perceber que todos os dias, na mesma hora, as mesmas coisas ocorrem;

> Hora de levar o pequeno ao quarto.

Finalizando

– Coloque o pijama nele e faça esse momento ser especial. Vocês, por exemplo, podem conversar sobre o dia de ambos;

– Com a criança já deitada e devidamente coberta, leia uma história ou cante uma canção que ele goste, começando em tom normal e terminando em um sussurro;

– Dê “boa noite”, um beijinho na bochecha ou na cabeça e diga que o ama;

– Fale baixinho no ouvido dele que amanhã vocês se veem novamente;

– Evite deixar uma luz acesa. Se a criança sentir medo do escuro, acenda, no máximo, um abajur que tenha luz bem fraca;

– Deixe-o dormir sozinho, se possível.

E pronto! É fundamental que a rotina seja aplicada todos os dias, inclusive nos finais de semana. No começo, a criança pode demorar um pouco para se acostumar à nova rotina. Mas, com o tempo e persistência, as coisas vão melhorar e, enfim, ela estará totalmente habituada.

Acesse o site da Denguinho: